8.13.2007

AS CRIANÇAS ERÊS ( BEIJADA )

São a alegria que contagia a Umbanda. Descem nos terreiros simbolizando a pureza, a inocência e a singeleza. Seus trabalhos se resumem em brincadeiras e divertimentos. Podemos pedir-lhes ajuda para os nossos filhos, resolução de problemas, fazer confidências, mexericos, mas nunca para o mal, pois eles não atendem pedidos dessa natureza. São espíritos que já estiveram encarnados na terra e que optaram por continuar sua evolução espiritual através da prática de caridade, incorporando em médiuns nos terreiros de Umbanda. Em sua maioria, foram espíritos que desencarnaram com pouca idade (terrena), por isso trazem características de sua última encarnação, como o trejeito e a fala de criança, o gosto por brinquedos e doces.Assim como todos os servidores dos Orixás, elas também tem funções bem específicas, e a principal delas é a de mensageiro dos Orixás, sendo extremamente respeitados pelos caboclos e pelos pretos-velhos. É uma falange de espíritos que assumem em forma e modos, a mentalidade infantil. Como no plano material, também no plano espiritual, a criança não se governa, tem sempre que ser tutelada. É a única linha em que a comida de santo (Amalás), leva tempero especial (açúcar). É conhecido nos terreiros de Nação e Candomblé, como (ÊRES ou IBEJI). Na representação nos pontos riscados, Ibeji é livre para utilizar o que melhor lhe aprouver. A linha de Ibeji é tão independente quanto à linha de Exu. Ibeijada, Erês, Dois-Dois, Crianças, Ibejis, são esses vários nomes para essas entidades que se apresentam de maneira infantil. No Candomblé, o Erê, tem uma função muito importante. Como o Orixá não fala, é ele quem vem para dar os recados do pai. É normalmente muito irrequieto, barulhento, às vezes brigão, não gosta de tomar banho, e nas festas se não for contido pode literalmente botar fogo no oceano. Ainda no Candomblé, o Erê tem muitas outras funções, o Yaô, virado no Erê, pode fazer tudo o que o Orixá não pode, até mesmo as funções fisiológicas do médium, ele pode fazer. O Erê muitas vezes em casos de necessidade extrema ou perigo para o médium, pode manifestar-se e trazê-lo para a roça, pegando até mesmo uma condução se for o caso.Na Umbanda mais uma vez, vemos a diferença entre as entidades/divindades. A Criança na Umbanda é apenas uma manifestação de um espírito cujo desencarne normalmente se deu em idades infanto-juvenis. São tão barulhentos como os Erês, embora alguns são bem mais tranqüilos e comportados. No Candomblé, os Erês, tem normalmente nomes ligados ao dono da coroa do médium. Para os filhos de Obaluaiê, Pipocão, Formigão, para os de Oxossi, Pingo Verde, Folinha Verde, para os de Oxum, Rosinha, para os de Yemanjá, Conchinha Dourada e por ai vai. As Crianças da Umbanda tem os nomes relacionados normalmente a nomes comums, normalmente brasileiros. Rosinha, Mariazinha, Ritinha, Pedrinho, Paulinho, Cosminho, etc...As crianças de Umbanda comem bolos, balas, refrigerantes, normalmente guaraná e frutas, os Erês do Candomblé além desses, comem frangos e outras comidas ritualisticas como o Caruru, etc... Isso não quer dizer que uma Criança de Umbanda não poderá comer Caruru, por exemplo. Com Criança tudo pode acontecer. Quando incorporadas em um médium, gostam de brincar, correr e fazer brincadeiras (arte) como qualquer criança. É necessária muita concentração do médium (consciente), para não deixar que estas brincadeiras atrapalhem na mensagem a ser transmitida. Os "meninos" são em sua maioria mais bagunceiros, enquanto que as "meninas" são mais quietas e calminhas. Alguns deles incorporam pulando e gritando, outros descem chorando, outros estão sempre com fome, etc... Estas características, que às vezes nos passam desapercebido, são sempre formas que eles têm de exercer uma função específica, como a de descarregar o médium, o terreiro ou alguém da assistência. Os pedidos feitos a uma criança incorporada normalmente são atendidos de maneira bastante rápida. Entretanto a cobrança que elas fazem dos presentes prometidos também é. Nunca prometa um presente a uma criança e não o dê assim que seu pedido for atendido, pois a "brincadeira" (cobrança) que ela fará para lhe lembrar do prometido pode não ser tão "engraçada" assim. Poucos são aqueles que dão importância devida às giras das vibrações infantis. A exteriorização da mediunidade é apresentada nesta gira sempre em atitudes infantis. O fato, entretanto, é que uma gira de criança não deve ser interpretada como uma diversão, embora normalmente seja realizada em dias festivos, e às vezes não consegamos conter os risos diante das palavras e atitudes que as crianças tomam. Mesmo com tantas diferenças é possível notar-se a maior características de todos, que é mesmo a atitude infantil, o apego a brinquedos, bonecas, chupetas, carrinhos e bolas, como os quais fazem as festas nos terreiros, com as crianças comuns que lá vão a busca de tais brinquedos e guloseimas nos dias apropriados. A festa de Cosme e Damião, santos católicos sincretizados com Ibeiji, à 27 de Setembro é muito concorrida em quase todos os terreiros do pais. Uma curiosidade: Cosme e Damião foram os primeiros santos a terem uma igreja erigida para seu culto no Brasil. Ela foi construída em Igarassu, Pernambuco e ainda existe. Não gostam de desmanchar demandas, nem de fazer desobsessões. Preferem as consultas, e em seu decorrer vão trabalhando com seu elemento de ação sobre o consulente, modificando e equilibrando sua vibração, regenerando os pontos de entrada de energia do corpo humano. Esses seres, mesmo sendo puros, não são tolos, pois identificam muito rapidamente nossos erros e falhas humanas. E não se calam quando em consulta, pois nos alertam sobre eles. Muitas entidades que atuam sob as vestes de um espírito infantil, são muito amigas e têm mais poder do que imaginamos. Mas como não são levadas muito a sério, o seu poder de ação fica oculto, são conselheiros e curadores, por isso foram associadas à Cosme e Damião, curadores que trabalhavam com a magia dos elementos. MAGIA DA CRIANÇA O elemento e força da natureza correspondente a Ibeji são... todos, pois ele poderá, de acordo com a necessidade, utilizar qualquer dos elementos. Eles manipulam as energias elementais e são portadores naturais de poderes só encontrados nos próprios Orixás que os regem. Estas entidades são a verdadeira expressão da alegria e da honestidade, dessa forma, apesar da aparência frágil, são verdadeiros magos e conseguem atingir o seu objetivo com uma força imensa, atuam em qualquer tipo de trabalho, mas, são mais procurados para os casos de família e gravidez. A Falange das Crianças é uma das poucas falanges que consegue dominar a magia. Embora as crianças brinquem, dancem e cantem, exigem respeito para o seu trabalho, pois atrás dessa vibração infantil, se escondem espíritos de extraordinários conhecimentos. Imaginem uma criança com menos de sete anos possuir a experiência e a vivência de um homem velho e ainda gozar a imunidade própria dos inocentes. A entidade conhecida na umbanda por erê é assim. Faz tipo de criança, pedindo como material de trabalho chupetas, bonecas, bolinhas de gude, doces, balas e as famosas águas de bolinhas -o refrigerante e trata a todos como tio e vô. Os erês são, via de regra, responsáveis pela limpeza espiritual do terreiro. ONDE MORAM AS CRIANÇAS A respeito das crianças desencarnadas, passamos a adaptar um interessante texto de Leadbeater, do seu livro "O que há além da Morte". "A vida das crianças no mundo espiritual é de extrema felicidade. O espírito que se desprende de seu corpo físico com apenas alguns meses de idade, não se acostumou a esse e aos demais veículos inferiores, e assim a curta existência que tenha nos mundos astral e mental lhe será praticamente inconsciente. Mas o menino que tenha tido alguns anos de existência, quando já é capaz de gozos e prazeres inocentes, encontrará plenamente nos planos espirituais as coisas que deseje. A população infantil do mundo espiritual é vasta e feliz, a ponto de nenhum de seus membros sentir o tempo passar. As almas bondosas que amaram seus filhos continuam a amá-los ali, embora as crianças já não tenham corpo físico, e acompanham-nas em seus brinquedos ou em adverti-las a evitar aproximarem-se de quadros pouco agradáveis do mundo astral." "Quando nossos corpos físicos adormecem, acordamos no mundo das crianças e com elas falamos como antigamente, de modo que a única diferença real é que nossa noite se tornou dia para elas, quando nos encontram e falam, ao passo que nosso dia lhes parece uma noite durante a qual estamos temporariamente separados delas, tal qual os amigos se separam quando se recolhem à noite para os seus dormitórios. Assim, as crianças jamais acham falta do seu pai ou mãe, de seus amigos ou animais de estimação, que durante o sono estão sempre em sua companhia como antes, e mesmo estão em relações mais íntimas e atraentes, por descobrirem muito mais da natureza de todos eles e os conhecerem melhor que antes. E podemos estar certos de que durante o dia elas estão cheias de companheiros novos de divertimento e de amigos adultos que velam socialmente por elas e suas necessidades, tomando-as intensamente felizes." Assim é a vida espiritual das crianças que desencarnaram e aguardam, sempre felizes, acompanhadas e protegidas, uma nova encarnação. É claro que essas crianças, existindo dessa maneira, sentem-se profundamente entristecidas e constrangidas ao depararem-se com seus pais, amigos e parentes lamentando suas mortes físicas com gritos de desespero e manifestações de pesar ruidosas que a nada conduzem. O conhecimento da vida espiritual nos mostra que devemos nos controlar e nos apresentar sempre tranqüilos e seguros às crianças que amamos e que deixaram a vida física. Isso certamente as fará mais felizes e despreocupadas.



DIA : 27/09

33 comentários:

Eduardo disse...

Olá Simone...!!!
Excelente definições sobre essas maravilhosas "Crianças", Parabêns.

Anônimo disse...

Olá!!!!!!!muito lindo o que escreveu......, amo meus eres......!!!!
Chiquinha e Joazinho!!!!

Anônimo disse...

Aprendi muito com esse assunto, agora saberei melhor como tratar essas entidades!!
Obrigado!!

ana disse...

axei lindo o assunto...soó descobri q tenhu um erê agora atravéz de um amigo meu eli é medium....meus pai saum medius e eu herdei um poko disso tbm...mas agora q conheci melhor sobre o assunto...posso descobrir como me dar cum essas entidades taum maravilhosas...fiko feliz em saber ....estou louca pra descobrir mais sobre meu erê..

Anônimo disse...

adorei simone é muito legal saber sobre as crianças adoro aninha e outras crianças

Cristiana disse...

Fantástico o assunto abordado sobre os Erês. Sou Umbandista, e é muito importante conhecermos as nossas entidades, a nossa religião. Parabéns.

Elen disse...

Olá, dia 27 de semetembro de 2010 eu conheçi um erê nos somos grandes amigos ><
e foi muito bom poder saber um pouco mais sobre ele.
vlw Obrigado !

Anônimo disse...

Olá!
Eu tenho um amigo êre, que vive em minha companhia, ele é maravilhoso.Minha esposa é quem o recebe e ele é uma criança que sabe muito.Estou feliz por tê-lo conhecido e o que ele faz por nós. Salve as crianças!!!!!! e todos os êres!!!!!!!!!!!!!!

karlos.decristo disse...

muito lindo msm

Anônimo disse...

Oi, achei lindo tambem, eu adoro erês eles são lindos e puros ! MUITO LINDOO. SALVE BEIJADA, salve erês

Caroline disse...

Caraca eu adorei saber sobre Erês assim eu fico mais informada . SALVE OS ERÊS

Anônimo disse...

Olá gostaria de saber para que as eres comem doces,,usam a energia do açucar, assim como os pretos usam a energia da fumaça do charuto...

ililza disse...

ola meu marido viu uma criança um menino na beira da minha cama tentando me acordar depois ele saiu correndo no outro dia estavamos brigando e meu marido me chingava e esse menino apareceu atraz de mim riu e novamente correu mas vezes notei algo estranho ouvi uma crinça chamar por mãe e outra vez chora,sou mãe e estou preocupada você poderia me explicar o que significa isso?

ililza disse...

sou leiga nesses assuntos me responda por favor librinati@hotmail.com

Anônimo disse...

Oi Simone! meu nome é Elaine e morro em Holambra e ofereço a vc todas as flores dos mais variados perfumes por ter me presemteado com seu conhecimento que Cosme e Damiao lhe proteja hoje e sempre!

Anônimo disse...

Oi Simone! meu nome é Elaine e morro em Holambra e ofereço a vc todas as flores dos mais variados perfumes por ter me presemteado com seu conhecimento que Cosme e Damiao lhe proteja hoje e sempre!

Carolina Carvalho disse...

Olá Simone!!!
Primeiramente Parabéns pelo bebe que vem aí, que oxalá lhe abençoe!!
Meu nome é Carolina, sou umbandista há mais de 1 ano mas, só agora comecei a receber meu povo.
Queria lhe dizer que gostei
muito dessa sua descrição sobre as crianças.. Elas realmente são maravilhosas.
Se não for incomodar, será que posso lhe fazer umas perguntas?Gostaria ,muito que me desse essas respostas aqui mesmo ou por e-mail.
Tenho uma criança mas ainda não sei seu nome. Tive uma inspiração de ser Ritinha, mas não tenho certeza. Você sabe alguma coisa sobre ela? A minha criança é chorona e parece ser bem pequena.
Você saberia me dar uma dica de como eu posso confirmar o nome dela? Outra coisa, eu também gostaria muito de engravidar, você sabe me dizer se ela atenderia um pedido meu assim?
Abraços, espero anciosamente sua resposta.
Meu e-mail: carolinaraquel-21@hotmail.com
Obrigada!! :-)

Marconi da C. Arruda disse...

Muito bom mesmo, estes esclarecimentos. Pois muita gente por aí nem imagina o poder e a função que essas crianças têm no mundo espiritual... E que trazem para o nosso mundo carnal também, através de suas inocentes brincadeiras quando por aqui estão. É preciso ser atento a cada movimento destas iluminadas crianças para entender isso, mas sem deixar que eles percebam, pois ao perceberem, eles tratam logo de tirar a sua atenção com alguma brincadeira. Outra coisa, eu tenho um amigo que têm um Ere(Marcelinho), que é bem ativo. Sempre quando ele está em terra, no início ele se esconde de mim... E descobri que isso acontece porque ele não fica perto do Exu que carrego. Mas isso é só por alguns instantes, pois logo que ele não o vê mais, o Ere se aproxima normalmente. Se isso acontecer com você não estranhe! Bom gostei muito de tudo o que li e desde já agradeço pela sensatez do texto. Parabéns, Simone. Um abraço!

Oni, Beijada!

Marilu D Moresco disse...

ontem participei da primeira festa com as crianças,fazem somente seis meses que nossa familia esta frequentando um terreiro de umbanda,meu marido ,eu e nossas duas crianças! fomos convidados e desde aquele dia foi impossivel deixar de ir,se quer um dia! vou dizer o que disse ontem,agora apoixonou de vez! foi sem duvida a coisa mais linda que ja vi! a força das crianças é incrivel,fiquei muito emocionada ,assim como estou agora lendo esse texto! muito obrigado pelo esclarecimento! mas acho que choro porque infelizmente tantas pessoas ignoram uma coisa tao maravilhosa,que pena que as pessoas nao querem ver,mas como se diz na Umbanda...tudo tem a hora certa de acontecer! que Oxala abençoe a todos! muito Axé!

Nena Barreira disse...

Embora já soubesse um pouquinho sobre os Ibejis, somente há menos de seis meses que venho frequentando a Umbanda.
Hoje participei de uma festa de crianças!!! E foi maravilhoso...
Até me senti "criança" também...
E, como há uma sede de saber mais a respeito dos acontecimentos, entrei na 'net' para saciar a curiosidade sobre essas entidades alegres, bricalhonas, mas muito séria se que não estão para 'brincadeiras'. Então encontrei esta página que me trouxe um grande esclarecimento. Muito obrigada!!!

Anônimo disse...

eu gostaria de saber se existe ere com nome de borboleta pois minha vizinha falou quea dla tem esse nome ,ou se chama mariana ,mais sempre ela fala que a borboleta eu até ja conversei com esse ere tire minhas duvidas em relação ao nome

Anônimo disse...

Minha mae é umbandista e eu estou desenvolvendo com os eres da direita!Convivo com eles principalmente a Mariazinha e o Chiquinho!E eu já conversei com exus,pomba-giras eu fui entregue a Exu Veludo Omolum para q ele me protegesse já conversei com o Exu Ranca-toco com a Cabloca Portuguesa enfim conheço eles!Além de ter problemas com o seres da esquerda q uma vez o JOAOZINHO entrou na minha cachorra e ele queria me morder mas a Mariazinha me avisou e nós conseguimos tira-lo da cachorra!A Mariazinha da direita é muito divertida!!

Anônimo disse...

olá meu nome e isabela eu gostei de seu comentario eu tenho 11 anos e já recebo iemanja minha erezinha gabriella que sempre está do meu lado e meu baiano aprendi muito e gostei

disse...

Me responda por gentileza....estou há pouco tempo na umbanda, e hj, meu ere veio..porém, ele é uma criança mais velha, e eu achei um pouco maroto, com idéias travessas,tava afim de encrencar com as outras crianças, falava muito abertamente, porém deu conselho errado pra um consulente, como um deboche..e tinha vontade própria sobre Minha língua.não conseguia segurar, quando vi a palavra oua frase já havia saído.....pq ele é diferente das outras crianças do tereiro?

Anônimo disse...

Amo amo e amo!

Anônimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ viagra acheter
http://prezzoviagraitalia.net/ viagra
http://precioviagraespana.net/ viagra precio

Anônimo disse...

Olá. Tenho uma erê mto linda, já vir ela... Bem branquinha do cabelo grande e de boas condições financeiras. E gosta do que é bom. E caridosa, etc. Não e do Brasil... Mas, mnha religião e Deus.

Anônimo disse...

Ai se eu não falar que mnha erê é linda... kkkkkkkk....

Anônimo disse...

Mas, e linda realmente parece uma bonequinha...

Anônimo disse...

Simone, Erês também dão homens? Tem como pedir sem te que ir ao terreiro?

Karine Matias disse...

Quero conhecer mais sobre a erê Julinha

Tatiana disse...

Adorei! Minha eres se chama chiquinha

patricia disse...

meu nome e patricia tenho um filho de dois anos ele fica mostrando pra todo lado dizendo que tem uma mulher e um menino o que sera principalmente em casa conheci uma mediun que disse que ele ver coisas mais nao sabe falar realmente o que e fica so apontando e mostrando o que sera ela disse tambem que eo pai dele queria uma resposta o que devo fazer